Em nenhum dos casos a justiça foi feita e o prefeito segue como se nada tivesse ocorrido

Reportagem veiculada [veja abaixo] no último dia 03 de junho tratou de um relacionamento extraconjugal do médico e prefeito de Carolina, Erivelton Neves, em 2017, provocando indignação na população com a revelação de que ele havia realizado procedimento médico ilegal de aborto dentro de um motel da cidade de Augustinópolis (TO). Esse crime insano e registrado no Boletim de Ocorrência Nº 77493 E/2017 [veja abaixo], não é o único caso de morte no qual o prefeito se envolveu. Antes de ser candidato a prefeito, Erivelton Neves atropelou, passou por cima, matou e não prestou socorro a um ciclista na BR-010 sentido Carolina-Estreito.

O vídeo denúncia da família do cidadão morto foi publicado em 30 de agosto de 2018, na página do CIDADE EM AÇÃO no Facebook, no qual a família do cidadão que morreu atropelado na rodovia apresenta a denúncia e clama por justiça. Conforme um advogado, a senhora do vídeo faleceu sem ver a justiça ser feita contra o criminoso que matou seu irmão.

VEJA VÍDEOS ABAIXO:

Família de vítima fatal de acidente provocado pelo prefeito de Carolina
Categories: CAROLINA