Os valores divulgados pelo Governo Federal demonstram que vai sobrar muito dinheiro.

No último dia 30 de abril, o Fundo Nacional de Saúde (FNS) repassou para a Prefeitura de Carolina R$ 2.500.000,00 com origem em dois repasses. O primeiro através da proposta 36000.292762/2020-00 no valor de R$ 1.000.000,00 e segundo repasse através da proposta 36000.292767/2020-00 no valor de R$ 1.500.000,00, ambas pagas através da ordem bancária 2020OB808172. A primeira proposta tem origem em emenda parlamentar do deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) e a segunda do deputado Gildenemir Sousa, também do PL, causando estranheza porque o prefeito Erivelton Neves, da Renovação, manteve sigilo desses valores.

Com a aprovação de auxílio aos estados e aos municípios para o combate ao coronavírus, aprovado pelo Senado, ocorreu em 02 de maio, dará o direito à Prefeitura de Carolina os valores de R$ 2.130.014,14. Já as emendas dos deputados federais são recursos de incremento do Plano de Atenção Básica, e que somando os demais recursos recebidos pela Saúde recentemente, entre eles R$ 94 mil do Ministério da Saúde e R$ 189 mil determinados pela Justiça do Trabalho para aquisição de equipamentos para auxiliar no combate ao coronavírus somam R$ 4. 913.014,14. VEJA MAIS SOBRE ISSO! Clique Aqui

No dia 28 de abril a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Desenvolvimento Social assinaram contrato com a Bello Monte Distribuidora no valor de R$ 875.663,65 (oitocentos e setenta e cinco mil, seiscentos e sessenta e três reais e sessenta e cinco centavos), para aquisição de alimentos sem qualquer justificativa para utilização de tais produtos no combate à covid-19. VEJA MAIS SOBRE ISSO! Clique Aqui

Em lives e entrevistas, o prefeito médico Erivelton Neves, da Renovação, tem falado apenas em compra de equipamentos de proteção para o pessoal da Saúde e na aquisição de dois respiradores. Os valores divulgados pelo Governo Federal demonstram que vai sobrar muito dinheiro.

Categories: CAROLINA