Não há veracidade nas informações, declara delegado de Carolina

O Conselho Tutelar de Carolina publicou nota, no último dia 18, com sua marca institucional alertando a população sobre sequestro de crianças nas cidades de São José dos Basílios e Dom Pedro, declarando ainda que as informações seriam verídicas e que os pais não deveriam deixar seus filhos sozinhos ou andar desacompanhados (VEJA NOTA ABAIXO). Áudios que vêm sendo compartilhados via WhatsApp nos últimos dias informando que crianças estão sendo sequestradas em cidades do interior do Maranhão. Um programa de rádio da cidade de São João do Paraíso alerta [ouça abaixo], com base em nota do Conselho Tutelar daquele município, alerta para supostos casos de sequestro de crianças também nas cidades de Imperatriz, Carolina e Estreito. O delegado de Polícia Civil de Carolina, Wagner Bitu da Costa declarou que as notícias são falsas.

OUÇA ÁUDIO DE PROGRAMA DE RÁDIO:

Procurado pelo CIDADE EM AÇÃO, o Conselho Tutelar de Carolina informou que se baseou em informações de conselheiro tutelar de São José dos Basílios, em informações da Associação dos Conselhos Tutelares do Maranhão e em boletins de ocorrências registrados na Delegacia de Joselândia sobre fatos suspeitos no município de São José dos Basílios (283 km de São Luís) e Miranda do Norte (120 km da capital), todos com data do último dia 21 de janeiro. O Conselho Tutelar de Carolina cedeu cópias dos documento. Contudo, os BO’s tratam de denúncias vazias de sujeitos desconhecidos nas proximidades ou interior de propriedades, sem nenhum caso concreto de sequestro de crianças.

“Não há registro de ocorrências nesse sentido na Polícia Civil de Carolina. Segundo a Polícia Civil das cidades citadas não há veracidade nas informações”, declarou o delegado de Polícia Civil de Carolina, Wagner Bitu.

“Nosso objetivo como Conselho, não somente em Carolina, mas em toda a região é alertar e não é amedrontar a sociedade, visto que somos órgão de proteção e não queremos e não desejamos que se concretizem tais fatos”, informou um representante do Conselho Tutelar de Carolina, na noite desta quarta (27), após negar que tenha ocorrido algum caso suspeito no município, como insinuado pela emissora de rádio de São João do Paraíso.

NOTA DA REDAÇÃO: Não iremos publicar os boletins de ocorrência cedidos pelo Conselho Tutelar de Carolina citados acima para proteger nomes e endereços dos envolvidos. Porém, e apesar da falta de casos concretos, os pais e responsáveis por crianças e adolescente devem sempre manter os menores sobre seus cuidados e acompanhá-los ou não permitir que andem desacompanhados.

VEJA ABAIXO NOTAS DE CONSELHOS TUTELARES:

Categories: CAROLINA ESTADO