Prefeito diz que é momento de união e que o inimigo comum é o coronavírus

O prefeito de Riachão, Joab Santos, emitiu nota de esclarecimento, nesta quinta (14), contra o que chamou de notícia mentirosa sobre a não aquisição de medicamentos e equipamentos de combate ao covid-19. Segundo o prefeito, tentaram “promover o pânico e a desinformação para satisfazer interesses de grupos mesquinhos e sem compromisso com o bem de todos”.

A nota esclarece que a Prefeitura de Riachão, através da Secretaria de Saúde, tem se empenhado em enfrentar a pandemia do coronavírus, com ações que possam dotar e equipar a estrutura da Saúde.

Conforme a nota a Prefeitura adotou as seguintes medidas: aquisição de EPI´s (equipamento de proteção individual) destinado aos servidores da saúde); teste imunocromatográfico do vírus COVID-19 (para a avaliação do estado imunológico de pacientes que apresentem sintomas da Covid-19); criação do Hospital de Campanha (para tratamento de pessoas contaminadas); Aquisição de Medicamentos para tratamento da Pandemia (protocolo atualizado); Realização de testes rápidos; coletas de RT-PCR exame padrão ouro no diagnóstico de COVID-19; ações de prevenção da vigilância sanitária e epidemiológica (COVID-19); criação do disk saúde e equipe de monitoramento; entrega de máscaras nas UBS’s, hospital e pontos estratégicos; aquisição de 10 leitos hospitalares.

Sobre a aquisição de R$ 601 mil em caixões, Joab Santos esclarece que se trata de uma licitação em que a empresa contratada tem apenas uma estimativa de compra, em que tais gasto podem ou não ocorrer durante o período de vigência do contrato.

“Contamos com a colaboração de todos, inclusive dos adversários para que neste momento propaguem a verdade, a esperança e o cuidado para com o próximo, encarando que não se trata de um momento de politicagem e sim de união, visto que todos temos um único inimigo em comum: o coronavírus e seus maléficos efeitos”, finaliza o prefeito.

VEJA A NOTA DE ESCLARECIMENTO NA ÍNTEGRA:

Categories: ESTADO