Motivação pode ter sido o corte de energia na residência onde mora o acusado

Os funcionários da CEMAR João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva foram executados na manhã desta terça (15) em Sítio Natureza, em Paço do Lumiar, no Maranhão. O autor já identificado e preso. É Pablo Martins Silva, vulgo D’Menor, de 18 anos. Segundo testemunhas o suposto assassino seguiu a dupla e os surpreendeu com tiros na cabeça. Moradores relatam que não houve nenhuma discussão antes da execução.

A motivação do crime, segundo as primeiras informações, se deveu ao corte de energia na residência onde mora o acusado.

Abaixo a Nota da CEMAR:

Nota de Esclarecimento

A Cemar e o Consórcio Norte, empresa prestadora de serviços, informam que irão acompanhar os trabalhos de investigação pelas autoridades policiais do homicídio ocorrido na manhã desta terça-feira (15), no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar, vitimando os colaboradores João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva.

Cabe esclarecer que a Companhia e o Consórcio Norte irão acompanhar e colaborar com o trabalho de investigação da polícia, que deverá identificar as causas que levaram ao homicídio.

Neste momento as empresas lamentam e se solidarizam com os familiares e estão empenhadas em prestar toda assistência necessária.

Assessoria de Imprensa da Cemar

Categories: ESTADO