Com mais esse aumento do ICMS haverá redução do consumo, diz presidente do SINDCOMBUSTIVEIS

No final do primeiro mandato do governador Flávio Dino (PCdoB), e com a aprovação do Projeto de Lei Nº 239/2018, na quinta (05), e após dois aumentos, a alíquota do ICMS da gasolina chegará a 3,5% e o Maranhão fica entre os cinco estado do Brasil com maior percentual do imposto sobre o combustível.

Ouvido pelo jornal O Estado, o presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão (SINDCOMBUSTIVEIS), Leopoldo Santos diz que com o novo reajuste a gasolina aumentará cerca de R$ 0,08 por litro.

Segundo Leopoldo, o litro da gasolina ficará em torno de R$ 4,10, já que o aumento promovido pelo governo será repassado aos consumidores porque já aumento de despesas.

Leopoldo Santos diz que o preço do diesel também será reajustado. “O aumento do diesel nos últimos quatro anos é de 0,5%”, diz.

O presidente do SINDCOMBUSTIVEIS diz ainda que nem o empresário nem o cidadão gostam de aumento de impostos. “Nosso setor passa por dificuldades desde 2015. Com mais esse aumento do ICMS haverá redução do consumo. Com a crise no setor, mais de 30 postos de combustíveis foram fechados”, finaliza.

Categories: ESTADO