Cidade Em Ação
Powered by Conduit Mobile

POLÍCIA POLÍTICA: Maranhão ignora 700 mandados de reintegração de posse

Flávio Dino (PCdoB) criou normas condicionando o cumprimento de mandados à avaliação de uma comissão de “prevenção à violência”, que ele nomeou. Flávio Dino (PCdoB) criou normas condicionando o cumprimento de mandados à avaliação de uma comissão de “prevenção à violência”, que ele nomeou. FOTO: REPRODUÇÃO

Desde adoção de regras criadas pelo governador somente cinco mandados foram cumpridos

 

A denúncia é do jornalista Cláudio Humberto, do Diário do Poder, deste sábado (28). Segundo o jornalista, estimativas do setor indicam que mais de 700 mandados judiciais de reintegração de posse são ignorados pelo governo do Maranhão. O titular Flávio Dino (PCdoB) criou normas condicionando o cumprimento de mandados à avaliação de uma comissão de “prevenção à violência”, que ele nomeou. Na prática, a decisão final é do próprio Dino, dizem representantes das vítimas de invasões dos “movimentos sociais”.

Em dois anos, desde a adoção de regras para cumprir ordens judiciais, foram cumpridas apenas cinco reintegrações, segundo as vítimas.

A Secretaria de Direitos Humanos se negou a informar ao senador Roberto Rocha (PSDB-MA) quantos mandados continuam pendentes.

OUÇA O QUE DIZ CLÁUDIO HUMBERTO:

 

 

Ler 608 vezes
Avalie este item
(1 Votar)
Publicado em ESTADO

Conecte-se conosco

Style Setting

Fonts

Layouts

Direction

Template Widths

px  %

px  %