Cidade Em Ação
Powered by Conduit Mobile

FORA DILMA: Clamor popular deve se transformar em processo de impeachment na próxima terça 15

DILMA ROUSSEFF: PPS, DEM, PSDB e Solidariedade encomendaram estudos para dar embasamento ao processo de impeachment DILMA ROUSSEFF: PPS, DEM, PSDB e Solidariedade encomendaram estudos para dar embasamento ao processo de impeachment Foto: Reprodução

Deputados provocarão o presidente da Câmara com questões de ordem

 

A Câmara dos Deputados deve começar a tratar formalmente o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT) na próxima terça-feira, dia 15. Segundo as jornalistas Natuza Nery e Mariana Haubert, da sucursal da Folha em Brasília, os partidos PPS, DEM, PSDB e Solidariedade encomendaram estudos para dar embasamento ao processo.

Os deputados dos partidos provocarão o presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) com questões de ordem. Dessa forma Cunha será obrigado a informar como será a tramitação dos atos e sobre os prazos para recursos dos parlamentares quando a demora do presidente de colocar na pauta os 13 pedidos de impeachment já protocolados desde o último mês de janeiro.

Caso as questões de ordem forem submetidas na terça (15), o comanda da Câmara deve demorar uma semana para apreciá-las.

Se os recursos forem aprovados, Cunha deve criar uma comissão especial com a participação de todos os 28 partidos. Dessa forma, Dilma Rousseff será notificada do processo e terá 10 sessões para apresentar sua defesa.

As cartas serão lançadas...

LEIA MAIS: Câmara deve tratar de impeachment de Dilma a partir desta semana

Ler 1283 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Publicado em ESTADO

Conecte-se conosco

Style Setting

Fonts

Layouts

Direction

Template Widths

px  %

px  %