Cidade Em Ação
Powered by Conduit Mobile

CAROLINA: Prefeito deve exonerar 75 servidores concursados

DOCUMENTO QUE RECOMENDOU A EXONERAÇÃO DE 75 SERVIDORES DOCUMENTO QUE RECOMENDOU A EXONERAÇÃO DE 75 SERVIDORES FOTO: REPRODUÇÃO

VEJA A RELAÇÃO DE SERVIDORES QUE PODEM SER EXONERADOS PELO PREFEITO DE CAROLINA

 

Setenta e cinco servidores nomeados após classificação no Concurso Municipal de 2007 constam na relação de um relatório encomendado pelo prefeito Erivelton Neves e pelo ex-prefeito José Ésio Oliveira da Silva, ambos do Solidariedade, que recebeu o nome de Controle de Conformidade 2017 (Processos Prefeitura Nº 030MAI2017), que entre 16 itens apresentados ao governo, recomenda a exoneração dos servidores. Conforme alegação no documento, com data de 30 de maio de 2017, que o CIDADE EM AÇÃO teve acesso, os servidores foram empossados após o período de validade do concurso – o que deve gerar ações judiciais em defesa do direito adquirido.

O vereador Fernando Filho (PMN), na sessão da última terça (31), solicitou oficialmente cópia do Relatório do Controle de Conformidade à Secretária de Administração, apesar de ter dito que teve acesso extraoficial ao documento.

DADOS INTERESSANTES – O ex-prefeito Ubiratan Jucá (PMDB) que assumiu o cargo de procurador da Prefeitura, com salário atual em torno de R$ 15 mil, foi nomeado por força de uma liminar concedida pela juiz Mazurkiévicz Saraiva de Sousa Cruz, não consta na lista. O também procurador municipal Madson Sousa Maranhão e Silva, classificado com nota melhor que a do ex-prefeito consta na relação de exoneração.

Outro dado interessante é a presença na relação de prováveis exonerados do nome do presidente da Comissão Permanente de Processo Administrativo Disciplinar, Rodolfo Moraes da Silva. A comissão, conforme do Decreto Nº 021/2017, do último dia 1º de agosto, foi criada para apurar ocorrências de infrações cometidas por servidores municipais e recomendar punições.

Durante movimento de servidores da Saúde, que protestavam contra a retirada do adicional de insalubridade na Câmara Municipal, no último dia 04 de setembro, o assessor técnico Diego Miranda, falando em nome do prefeito, afirmou que havia um estudo para exonerar os servidores, sugeridos pelo Relatório de Conformidade 2017 – que sugeriu também o corte do adicional noturno dos vigilantes e da insalubridade da Saúde, além do corte de 222% de servidores com ensino superior, entre outras medidas adotadas por Erivelton Neves.

CLIQUE AQUI PARA TER ACESSO À RELAÇÃO DE POSSÍVEIS SERVIDORES A SEREM EXONERADOS

VEJA O VÍDEO DO ASSESSOR DO PREFEITO GARANTINDO QUE A EXISTÊNCIA DO DOCUMENTO.

PLANO de demissão da RENOVAÇÃO EM CAROLINA Estudo desde janeiro para exonerar SERVIDORES CONCURSADOS.

Publicado por Fábio Ayres em Sexta, 8 de setembro de 2017
Ler 3023 vezes
Avalie este item
(1 Votar)
Publicado em CAROLINA

Conecte-se conosco

Style Setting

Fonts

Layouts

Direction

Template Widths

px  %

px  %