Mais um negócio do atual gestor e que não cria expectativa de justiça na população.

O CONVÊNIO Nº 879504/2018-MI, assinado entre o Ministério da Integração Nacional e o prefeito Erivelton Neves, da Renovação, em 19 de dezembro de 2018, foi publicado no Diário Oficial da União em 11 de janeiro de 2019. O convênio tem o valor de R$ 1.200.000,00 para recuperação de estradas vicinais de acesso aos povoados Buritizinho e Anajá – região de uma das fazendas do prefeito, que gravou um vídeo em um trecho da estrada e só – nenhuma palavra a mais sobre a referida obra.

Quase um ano depois, o Diário Oficial dos Municípios do Maranhão, Edição Nº 2191, de 1º de outubro de 2019, traz a informação de que a empresa Pátria PÁTRIA EMPREENDIMENTOS SERVIÇOS E LOCAÇÕES EIRELI, inscrita no CNPJ: 09.179.350/0001-31, foi a vencedora TOMADA DE PREÇOS Nº 010/2019-CPL/PMC, e faturou o contrato no valor de R$ 840.182,42 (oitocentos e quarenta mil centos e oitenta e dois reais e quarenta e dois centavos).

A diferença entre o valor do Convênio com o Governo Federal e o serviço contratado pelo prefeito Erivelton Neves, da Renovação, foi de R$ 361.817,58. Consulta ao SICONV – Sistema de Convênios, do Governo Federal, não há informações sobre repasse inferior ao valor conveniado.

A empresa contratada é similar à Costa Neto e à Bello Monte, só existe no papel para fazer negócios com prefeituras. Consulta sobre o CNPJ 09.179.350/0001-31 realizada, neste sábado (13), no sistema da Receita Federal apresentou outra empresa: FLT CONSERV, de São Luís do Maranhão, supostamente localizada na Rua Poção de Pedras nº 10, Quintal do Calhau, de propriedade de Luiz Ribeiro de Azevedo Neto. Ou seja, a negociata estar muito fácil de ser desmontada, se o Ministério Público se interessar e a Justiça local não deixar acabar em pizza como os mais de 60 processos que o promotor Marco Túlio garantiu ter protocolado contra o prefeito Erivelton Neves, da Renovação, no Fórum local sem providências alguma do magistrado.

Categories: CAROLINA