Justiça concede direitos enquanto durar a pandemia

Pertencente a um dos grupos de risco caso seja infectado pelo coronavírus e servidor concursado para serviço gerais na zona rural, lotado na Secretaria de Educação, teve seu salário reduzido para apenas R$ 386,17 mesmo com as escolas fechadas por decreto do prefeito Erivelton Neves, da Renovação, durante a pandemia do coronavírus. Por este motivo, o servidor acionou a Justiça requerendo o reembolso da quantia retirada de seu salário.

O juiz Mazurkiévicz Saraiva deferiu o pedido de liminar pelo afastamento do servidor enquanto durar a pandemia sem prejuízo nos valores de seu salário.

Não publicaremos o nome do servidor para evitar que ele seja alvo de outros constrangimentos provocados pela atual gestão municipal. Segundo o SISPOMAC, o servidor procurou o sindicato, que o encaminhou para o advogado que representa os servidores municipais, Walkmar Neto, que acionou a justiça e obteve a liminar favorável ao servidor.

VEJA VÍDEO;

Categories: CAROLINA