Situação ocorre depois de publicação das imagens de aventais descartáveis de TNT lavados para reutilização

O CIDADE EM AÇÃO recebeu na última semana cópia de um Termo de Responsabilidade pela Guarda e Uso de Equipamento, documento da Secretaria Municipal de Saúde no qual servidores do setor têm sido supostamente obrigados a assinar como se estivessem recebidos equipamentos de proteção e combate à covid-19.

Os equipamentos de proteção individual seriam toucas e aventais descartáveis, luvas cirúrgicas e uniformes tipo bri 100% algodão e conforme a fonte do CIDADE EM AÇÃO, o prefeito teria sido intimado a fornecer informações sobre o uso dos recursos do combate à pandemia do coronavírus, depois da publicação das imagens de aventais descartáveis de TNT nos varais do hospital, após serem lavados para reutilização.

LEIA TAMBÉM: DENÚNCIA GRAVE: Hospital de Carolina reutiliza material descartável para o combate à covid-19

O CIDADE EM AÇÃO procurou o secretário de Saúde para esclarecer sobre os valores recebidos do Governo Federal. Conforme dados encaminhados por Leonardo de Sousa, a Prefeitura de Carolina teria recebido o valor de R$ 3.146.070,60 para o combate ao coronavírus.

Se os servidores precisam assinar o termo, por que o Hospital Municipal de Carolina lavaria os descartáveis para reutilização?

VEJA ABAIXO IMAGEM DOS EQUIPAMENTOS APÓS LAVAGEM PARA REUTILIZAÇÃO:

Aventais descartáveis lavados para reutilização no combate ao coronavírus | Foto: Arquivo CIDADE EM AÇÃO
Documento que servidores são supostamente obrigados a assinar
Categories: CAROLINA