Casos confirmados aumentam 100% em 24 horas e protocolo de Madri começa a ser aplicado aos pacientes

Passados os dias de espera pelos resultados e que pareciam uma eternidade para a população de Carolina, no sul do Maranhão, nas últimas 24 horas o número de casos pulou de três para seis confirmados, conforme Informe Epidemiológico emitido pela Secretaria de Saúde. Segundo o documento oficial, três casos foram descartados e 63 pessoas estão sendo monitoradas. Entre os quinze casos suspeitos, 13 são da zona urbana e 02 casos da zona rural.

Entre os seis casos de covid-19 confirmados, 02 pacientes se encontram isolados no Hospital Municipal de Carolina e quatro em isolamento domiciliar. Segundo o secretário de Saúde Leonardo de Sousa, o paciente fica em isolamento domiciliar quando apresenta tosse seca e sinais de gripe, já o isolamento hospitalar se deve ao paciente apresentar problemas respiratórios leves, precisando de oxigênio.

Entre os 15 casos que aguardam resultado de exames, um se encontra isolado no HMC e 14 e isolamento domiciliar. Ainda conforme o secretário de Saúde, o aumento dos casos confirmados se deve à mudança no procedimento dos exames. “Estamos fazendo pela sorologia que é mais rápido, além de testes rápidos”, disse Leonardo de Sousa, contrariando quem chegou a divulgar que o aumento se deve à chegada dos resultados feitos anteriormente, dependendo da demanda de laboratório de São Luís.

Leonardo de Sousa informou ainda que todos os pacientes estão recebendo o tratamento que corresponde ao Protocolo de Madri e que estão reagindo bem. “Uma pequena modificação no protocolo de tratamento está sendo feita hoje (15) pela nossa equipe médica, adequando-o a pequenas alterações feitas pelos médicos que introduziram o método no Brasil”.

O protocolo de Madri é um tratamento com a hidroxicloroquina, azitromicina, anticoagulante e zinco, entre três e cinco dias e que tem reduzido de 18% para 3,5% a mortalidade causada pelo coronavírus.

Categories: CAROLINA