Não há justificativa para tais excessos em contratos com agência de viagens

Não é mais novidade o prefeito de Carolina, Erivelton Neves, da Renovação, assinar contratos lesivos aos cofres públicos. Transporte escolar, merenda escolar, empresa de médicos especializados, coleta de lixo, são serviços contratados de algumas empresas que existem basicamente para emissão de notas fiscais para justificativa de utilização de dinheiro público. Nenhuma delas mantém escritório no município. Para completar o rol de absurdos contábeis, o prefeito contratou mais uma vez a WC VIAGENS E TURISMO LTDA-ME, CNPJ nº 13.480.254/0001-04, para prestação de serviços de agenciamento de viagem – passagem aérea nacional e internacional – pelo valor de R$ 561.781,00 (quinhentos e sessenta e um mil setecentos e oitenta e um reais).

O Contrato Nº 065/2019-DC/PMC, do último dia 12, publicado no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Maranhão (DOM Nº 2179) nesta sexta, 13, não é o primeiro com a mesma finalidade e com a mesma empresa. O DOM Nº 1939, de 1º de outubro de 2018, traz o EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 011/2018-SEMAFIPU/PMC, através do qual o prefeito Erivelton Neves contratou a WC Viagens e Turismo pelo valor de R$ 817.136,00 – oitocentos e dezessete mil e cento e trinta e seis reais.

Os contratos somados alcançam a cifra de R$ 1.378.917,00 – um milhão, trezentos e setenta e oito mil e novecentos e dezessete reais, sem qualquer justificativa para tais valores utilizados com passagens aéreas, apesar de o Contrato Nº 065/2019 informar que os recursos utilizados na contratação da agência de viagens ter origens em recursos da Educação e da Saúde, basicamente.

Extrato do contrato com a agência de viagens | FONTE: DOM Nº 2179
Categories: CAROLINA