Prefeitura paga duas vezes por serviço de primeira e realiza serviço de péssima qualidade

Em 11 de setembro de 2019 a empresa Costa Neto, dona de suspeita maioria de contratos do governo do prefeito Erivelton Neves, da Renovação, assinou contrato aditivo de outro de 2018 com a Prefeitura de Carolina para pavimentação asfáltica. A divulgação do contrato foi publicada no Diário Oficial somente em 12 de dezembro do mesmo ano, sem o valor aditivado e com prazo de seis meses para realização. Em 26 de setembro de 2019, a Costa Neto já havia assinado outro contrato de pavimentação asfáltica. Desta vez o Diário Oficial nº 2189, de 27 de setembro, traz o valor de R$ R$ 2.018.580,73 (dois milhões, dezoito mil quinhentos e oitenta reais e setenta e três centavos). Ao final de toda essa confusão com contratos de recursos públicos, funcionários contratados pela Prefeitura de Carolina e não pela Costa Neto estão tapando buracos de ruas com cimento.

Até o veículo de suporte para os funcionários é uma velha Toyota Bandeirantes, que servia à Secretaria de Educação em gestões anteriores. Ou seja, a Costa Neto emite nota fiscal e a Prefeitura paga duas vezes pelo serviço, pois é ela quem paga os funcionários.

Veículo e funcionários da Prefeitura a serviço de empresa fantasma | Fotos: CIDADE EM AÇÃO
Categories: CAROLINA