“Jogam garrafas, ossos de gado. Tudo jogado acima do local onde a água é captada para ser distribuída”, reclama morador

Pedindo para não ser identificado com medo de represálias comuns na atual gestão municipal, um morador de São José das Cachoeiras enviou fotos e vídeos da água que tem sido utilizada no distrito do município de Carolina, no sul do Maranhão. As imagens, mesmo sem análise de um especialista, demonstram que os moradores estão consumindo um produto de baixa qualidade.

Segundo o autor das imagens, no reservatório a água cria uma espécie de espuma branca algumas vezes e em outros momentos surgem manchas que aparentam sujeira. “A espuma branca parece cloro demais usado no tratamento da água, mas cloro demais não é tratamento de água”, disse.

Ainda conforme o autor das imagens, nas proximidades da BR-230, que corta o distrito, a água das chuvas tem levado aos córregos que desaguam no Rio Itapecuruzinho, onde a água fornecida aos consumidores locais é captada, todo o lixo que é jogado nas proximidades. “Jogam garrafas, ossos de gado. Tudo jogado acima do local onde a água é captada para ser distribuída. Parece que a única solução encontrada pelos administradores foi usar muito cloro para disfarçar a sujeira na água e como já disse, cloro não é tratamento de água”, reclama.

VEJA FOTOS E VÍDEO ABAIXO:

Lixo jogado nas proximidades dos córregos que desaguam no Itapecuruzinho
Local ainda é local para criação de focos de mosquitos transmissores de doenças
Vídeo enviado por morador de São José das Cachoeiras
Categories: CAROLINA