Obtenção de decisão judicial e negociação com a Equatorial prazo de instalação

A Defensoria Pública, Núcleo Regional de Carolina, assegurou a implantação de rede de energia elétrica na Comunidade Canabrava. O titular do domínio estava impedindo o ingresso da Equatorial na comunidade para realizar a instalação. Para garantir o direito dos posseiros, alguns há cinquenta anos no local, o defensor público Gelson Luiz Almeida Pinto ajuizou ações de usucapião e ação de interdito proibitório. O juiz Mazurkiévicz Saraiva de Souza Cruz, concedeu liminar, garantindo o direito de posse aos moradores, bem como determinou que o turbador se abstenha de atos à frustração da posse, entre eles o de impedir o ingresso da equipe da Equatorial.

Gelson Luiz celebrou a conquista. “Quando fui procurado pela comunidade, fiquei compadecido com a situação que lhes afligia. Mais de cem pessoas alijadas de energia elétrica. A dignidade dessas pessoas foi alanceada durante muito tempo. Sinto-me orgulhoso pela conquista, pois estimo o vulto dela à melhoria da qualidade de vida dessas pessoas. Agora, cobraremos a Equatorial para que conclua a instalação em exíguo prazo”, salienta.

O defensor público esteve na comunidade para conhecer a área que será contemplada com a energia elétrica. “Lisonjeado com o convite da comunidade. Apetece-me conhecer a realidade daquelas pessoas. Aproveitarei o ensejo para conversar com a equipe da Equatorial que está na região, para aquilatar a possibilidade de que a instalação ocorra nos próximos dias”, informou Gelson Luiz.

Categories: CAROLINA